O Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, é uma data emblemática, que conclama todos para a inadiável conscientização sobre a necessidade de preservação dos recursos naturais e de adoção de práticas sustentáveis. É um momento para refletir sobre a total dependência entre a saúde humana e a do planeta. Cuidar do meio ambiente é zelar por nós mesmos e pelas futuras gerações.

É nessa data que o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) anuncia a campanha “Um MPSC mais sustentável começa por nós”. A iniciativa é um chamado à ação para que os integrantes da instituição, por meio de práticas sustentáveis, protejam o meio ambiente e promovam a economia de recursos financeiros.

A campanha é fundamentada em ações simples, porém efetivas e impactantes. A primeira delas é “adote sua caneca”, que incentiva cada colaborador da instituição a trazer de casa uma caneca a fim de evitar o uso de copos e garrafas descartáveis. Se não reciclados, esses materiais podem levar até 400 anos para se decomporem. Os novos prédios do MPSC (Chapecó, Joinville, Porto União e Florianópolis) estão sendo projetados e construídos para ter abastecimento de água por meio de filtros.

Para marcar o lançamento da campanha, o Conselho Superior do Ministério Público fará a sua primeira reunião, neste dia 5 de junho, sem a utilização de plástico; em vez de garrafas descartáveis, a água será servida em jarras, com o uso exclusivo de copos de vidro e de xícaras de louça.

No seminário de março deste ano do GEDCLIMA, o MPSC celebrou um convênio com a Rede Caixa Solidária para a instalação de coletores de roupas, calçados e acessórios, destinados a projetos sociais locais, nos prédios próprios do MPSC.

No próximo mês de julho já estará em operação a usina solar para a geração de energia para os prédios próprios da instituição, o que, em parceria com a CELESC, além de contribuir com a sustentabilidade, trará uma economia aproximada de 10% aos cofres públicos.

A sustentabilidade é uma jornada contínua, e o MPSC está comprometido em ser um exemplo de instituição cada vez mais consciente e responsável. No Dia do Meio Ambiente, convido todos a refletirem e a buscarem, individual e coletivamente, a adoção de hábitos ambientalmente adequados, a fim de garantirmos um futuro mais verde e sustentável. Afinal, como diria o pai da gestão moderna, Peter Drucker, “a melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”.

Fábio de Souza Trajano, Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC)