O advogado Giancarlo Castelan, sócio da Menezes Niebuhr Sociedade de Advogados e presidente da Seccional Santa Catarina do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (CESA-SC) estará em São Paulo nesta quarta-feira (9), para participar do painel de debates “Como o ESG impacta os escritório dos advogados?”, no Congresso Nacional das Sociedades de Advogados.

De acordo com Castelan, os conceitos ESG são “critérios e ações ambientais, sociais e de governança adotados por grandes corporações e empresas, numa demonstração de preocupação com a preservação do meio ambiente, com as desigualdades e inclusão sociais e com a ética na gestão e ganham a cada dia mais espaço e força. Como não poderia deixar de ser, chegaram também nas sociedades de advogados, que são chamadas por seus clientes para equacionar demandas nestas áreas e acabam por despertar para suas próprias práticas nestes quesitos”.

Ainda no entender do advogado o evento “em bom momento, coloca para discussão e reflexão a importância da percepção pelas sociedades de advogados desta tendência de alinhamento a estes conceitos, como forma de evolução no ambiente de trabalho, mais criativo e inclusivo, na sustentabilidade de suas ações e estruturas e na gestão, tanto interna, quanto da prestação de seus serviços, com mais eficiência, resultando numa interação com a sociedade brasileira de forma mais ampla”.

O Congresso ocorrerá até dia 11 de novembro e será terá como palestrantes na abertura os ex-presidentes Michel Temer, da República, e Nelson Jobim, do Supremo Tribunal Federal. Promovido pelo CESA e pelo Sinsa (Sindicato das Sociedades de Advogados dos Estados de SP e RJ), deverá reunir mais de 1 mil juristas, membros do Judiciário e do Legislativo Federal, bem como representantes de departamentos jurídicos de empresas de todo o Brasil.

O texto é de Assessoria de Comunicação.