Em busca de melhores práticas e o reconhecimento de pontos de melhorias, desde 2019, a Menezes Niebuhr Sociedade de Advogados aplica a pesquisa de clima organizacional do Instituto Great Place to Work (GPTW), que elege os melhores lugares para trabalhar. Em 2022, pela quarta vez consecutiva, o escritório foi certificado com o selo internacional GPTW.

De acordo com o sócio Alessandro Abreu, “o selo é o reconhecimento ao compromisso do escritório de promover a valorização dos integrantes de maneira alinhada às mais modernas práticas de gestão, despertando o orgulho de fazerem parte do nosso time”.

Nos últimos nove meses, a Menezes Niebuhr registrou um crescimento de 30% no quadro de integrantes, resultado de um posicionamento de mercado mais contemporâneo e do projeto inovador do modelo open office, adotado há pouco mais de um ano, que favorece o trabalho integrado e colaborativo das equipes.

“Ter nossos integrantes motivados e satisfeitos no ambiente de trabalho reflete diretamente na qualidade de nossos serviços. É algo que está presente em nosso DNA”, destaca o sócio Ricardo Anderle.

A Menezes Niebuhr foi o primeiro escritório de advocacia de Santa Catarina a receber a certificação, e um dos poucos em todo o Brasil, e vem repetindo o feito desde 2019. Em 2020, também despontou no seleto ranking GPTW Melhores Empresas para Trabalhar em Santa Catarina na categoria empresas de médio porte (de 100 a 999 funcionários).

Sobre o GPTW

O Great Place To Work Institute é referência mundial em analisar a satisfação dos funcionários em relação ao ambiente de trabalho e tornar os negócios mais atrativos. Foi fundado nos Estados Unidos na década de 1980 e no Brasil a pesquisa passou a ser aplicada em 1996.

A certificação é concedida mediante pesquisa de clima organizacional, aplicada pelo Instituto Great Place to Work (GPTW), que elege as melhores empresas para trabalhar. O resultado tem como base a avaliação sobre as relações construídas no dia a dia do trabalho, as estratégias de gestão de pessoas, desenvolvimento de carreiras, o engajamento, a credibilidade e a confiança das equipes nos líderes.

O texto é de Assessoria de Imprensa