A posse dos novos dirigentes do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), eleitos para o biênio 2022-2024, será realizada na próxima quarta-feira (2/2), às 17h, no auditório do Tribunal Pleno, em Florianópolis. O atual presidente, desembargador Ricardo Roesler, fará a transmissão do cargo para o presidente eleito, desembargador João Henrique Blasi.

Também serão empossados os novos membros do corpo diretivo: desembargador Altamiro de Oliveira (1º vice-presidente), desembargadora Denise Volpato (corregedora-geral judicial), desembargador Getúlio Corrêa (2º vice-presidente), desembargador Gerson Cherem II (3º vice-presidente) e desembargador Rubens Schulz (corregedor-geral extrajudicial).

A sessão respeitará as orientações sanitárias e protocolos de segurança referentes à pandemia de Covid-19 e será obrigatória a apresentação de comprovante de vacinação (físico ou digital) ou teste realizado nas últimas 72 horas (PCR ou antígeno negativos), conforme Resolução Conjunta GP/CGJ n. 29/2021. O evento também será transmitido pelo canal de comunicação do TJSC no YouTube.

OS NOVOS DIRIGENTES:

Presidente – Des. João Henrique Blasi

Natural de Florianópolis, é bacharel em Administração de Empresas pela Esag/Udesc e bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, assim como especialista em nível de mestrado em Direito Público também pela UFSC. Foi advogado militante, conselheiro seccional e federal da Ordem dos Advogados do Brasil, exerceu os cargos de secretário de Estado da Justiça e de secretário de Estado da Segurança Pública, bem como foi eleito deputado estadual para quatro mandatos. Em novembro de 2007 tomou posse no cargo de desembargador, judicando inicialmente na 4ª Câmara de Direito Comercial e, na sequência, na 2ª Câmara de Direito Público, da qual foi presidente, assim como presidiu o Grupo de Câmaras de Direito Público. Em 2019 foi eleito 1º vice-presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, para o biênio 2020-2022.

1º vice-presidente – Des. Altamiro de Oliveira

Ingressou na magistratura catarinense em 1989, atuando como juiz substituto nas comarcas de Criciúma, São José e Capital. Natural de Florianópolis, foi promovido ao cargo de juiz de direito no ano de 1992 e judicou nas comarcas de Campo Erê, Capinzal, Caçador e Lages. Em 2009 assumiu o cargo de juiz de direito de 2º grau, e no ano de 2015 foi promovido ao cargo de desembargador. Integra, atualmente, a 2ª Câmara de Direito Comercial. Exerceu a função de 3º vice-presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina no biênio 2018-2019.

Corregedora-geral Judicial – Desa. Denise Volpato

Natural de Blumenau, a próxima corregedora-geral ingressou na magistratura catarinense como juíza substituta em 1988. No ano de 1990 foi promovida a juíza de direito e judicou nas comarcas de Urubici, Orleans, Canoinhas, Chapecó, Joinville e Capital. Em 2009 assumiu o cargo de juíza de direito de segundo grau. Em 2013 foi promovida a desembargadora.

2º vice-presidente – Des. Getúlio Corrêa

Antes do ingresso na magistratura foi oficial da polícia militar, onde chegou ao posto de major. Natural de Florianópolis, em 1984 foi nomeado por concurso público para exercer o cargo de juiz auditor substituto da Justiça Militar, com lotação na Capital. No ano de 1992 foi promovido ao cargo de juiz auditor da Justiça Militar. Foi presidente da Associação Internacional das Justiças Militares (AIJM). Nos anos de 2003 a 2005 foi diretor da Escola Superior da Magistratura de Santa Catarina (Esmesc). Em 2004 foi diretor presidente da Escola Nacional da Magistratura da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). É presidente da Associação dos Magistrados das Justiças Militares Estaduais. Em 2013 foi promovido ao cargo de desembargador, judicando inicialmente na 2ª Câmara Comercial, atuando ainda na 2ª e na 3ª Câmaras Criminais. Foi coordenador do Conselho de Segurança Institucional no biênio 2018-2020.

3º vice-presidente – Des. Gerson Cherem II

Natural de Curitibanos, em 1992 ingressou na magistratura catarinense, com lotação na comarca da Capital, e judicou na comarca de Joinville. No ano de 1995 foi promovido ao cargo de juiz de direito, atuando nas comarcas de Quilombo, Turvo, Caçador, Balneário Camboriú e Capital. Em 2012 passou a exercer a função de juiz de direito de 2º grau, e em 2017 foi promovido ao cargo de desembargador.

Corregedor-Geral Extrajudicial – Des. Rubens Schulz

Ingressou na magistratura catarinense no ano de 1992, com lotação na comarca da Capital. No ano de 1994 foi promovido ao cargo de juiz de direito e atuou nas comarcas de São José do Cedro, Xanxerê, Chapecó e Blumenau. Em 2013 passou a exercer a função de juiz de direito de 2º grau. No ano de 2017 o magistrado, natural de Joinville, foi promovido ao cargo de desembargador.

O texto é da Assessoria de Imprensa do TJSC