O desembargador João Henrique Blasi será o próximo presidente do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC), no biênio 2022/2024. Ele foi eleito em sessão do Pleno do Tribunal de Justiça na tarde desta quarta-feira (1º/12), com 56 votos recebidos contra 34 conquistados pela desembargadora Soraya Nunes Lins. A gestão do novo presidente terá início em 1º de fevereiro de 2022. Participaram da sessão e estavam aptos a votar 90 desembargadores.

Em suas primeiras palavras como presidente eleito, o desembargador João Henrique Blasi observou que a eleição para o corpo diretivo engrandece o Tribunal de Justiça catarinense.

“Quero cumprimentar a todos que participaram deste pleito pela forma altiva e altaneira como ele transcorreu, com absoluta retidão. Um debate no campo das ideias e em que, com certeza, ganhamos todos nós, que temos a honra e a ventura de participar, compor e fazer o Poder Judiciário de Santa Catarina. Uma eleição como esta, repito, fixada no âmbito das ideias, é muito mais importante do que, quiçá, uma forçada unanimidade. Porque do embate surgem ideias, e das ideias a possibilidade de colocá-las em prática”, manifestou.

O momento, continuou Blasi, é de estabelecer uma atmosfera de unidade no Judiciário catarinense. A futura gestão, reforçou, terá sua dedicação total para valorizar ainda mais a reputação da instituição. O presidente eleito lembrou programas de alto alcance social, como o Lar Legal e o programa de prevenção à violência doméstica da Cevid, além do Novos Caminhos, comprometendo-se a aprimorá-los.

“Quero agradecer à desembargadora Soraya Nunes Lins pela lealdade como transcorreu nosso pleito e reafirmar os propósitos que assumimos: de investir, sobretudo, na nossa função maior, na nossa atividade finalística, que é fazer justiça. Vamos procurar fazer com que isso continue indo à frente, numa atuação com eficiência, eficácia e efetividade”, reforçou.

Na oportunidade, o presidente Ricardo Roesler cumprimentou aqueles que integrarão a próxima administração. “Desejo a todos os eleitos uma excelente gestão, digna da competência do Judiciário catarinense, digna das nossas maiores e melhores tradições. Sucesso a todos”, manifestou.

Os demais integrantes eleitos na sessão do Pleno de quarta (1°) são:

  • Desembargador Altamiro de Oliveira, 1º vice-presidente);
  • Desembargadora Denise Volpato, corregedora-geral judicial;
  • Desembargador Getúlio Corrêa, 2º vice-presidente;
  • Desembargador Gerson Cherem II, 3º vice-presidente e
  • Desembargador Rubens Schulz, corregedor-geral extrajudicial.

O texto e a foto são da Assessoria de Imprensa do TJSC