Santa Catarina sai na frente mais uma vez. O TRT12 respondeu ao requerimento da OAB/SC e informou que já está à disposição da advocacia o acesso às gravações de todas as audiências, conforme estabelecido pelo CNJ a pedido da OAB catarinense.

Para acessar a mídia, os profissionais devem estar cadastrados junto ao serviço PjeMídias do CNJ. Ao se logar no sistema, basta digitar o número do processo que deseja acessar a mídia. Na sequência será aberto o vídeo da audiência.

“Esse é um compromisso que cumprimos com a advocacia. Gravar todos os atos processuais, sejam audiências judiciais ou sessões de julgamento, independente de tramitar no meio físico ou virtual é nossa meta em defesa das prerrogativas da advocacia e da cidadania”, declarou o presidente da OAB/SC, Rafael Horn, ao destacar o protagonismo da Justiça Trabalhista em despontar com a iniciativa.

O presidente da Comissão de Direito do Trabalho, Gustavo Villar enfatiza que “a medida na Justiça do Trabalho é um importante avanço, pois atende um pleito antigo da advocacia, que buscava uma forma de assegurar mais transparência aos atos ocorridos durante realização das audiências”, afirmou.

Pauta defendida pela OAB/SC desde janeiro de 2019 agora já é realidade para a advocacia trabalhista. Em 30 de março, o CNJ validou o pleito da Seccional e decidiu que todos os atos processuais, sejam eles realizados de forma presencial ou virtual, devem ser gravados.

O texto é da Assessoria de Comunicação da OAB/SC