Presidente Rafael Horn acompanha os trabalhos – Foto: OAB/SC

O VI Congresso de Processo Civil de Florianópolis, evento promovido pela OAB/SC que encerrou nesta sexta-feira (23), foi marcado pelo sucesso. A definição é do presidente da entidade, Rafael de Assis Horn, que celebrou o resultado da primeira edição 100% on-line, com transmissão no canal da seccional no Youtube.

Foram mais de 11 mil inscritos em 24 painéis com a participação de 48 renomados juristas da área de Direito Processual Civil, sob coordenação científica do coordenador-geral das Comissões da OAB/SC, Pedro Miranda de Oliveira.

Na abertura do Congresso, o presidente Rafael Horn pontuou a importância e os esforços que a Seccional tem tido para dar continuidade à capacitação da advocacia em tempos de distanciamento social e atingir o maior número de advogados e advogadas, não apenas de Santa Catarina, mas de todo o país.

“Quando realizamos eventos na modalidade on-line, eles ultrapassam todas as fronteiras e fazem com que a advocacia de regiões distantes e até mesmo de outros Estados estejam conectadas. A difusão do conhecimento está a apenas um clique e a OAB/SC tem buscado, dessa forma, proporcionar acesso ao aprimoramento do conhecimento da melhor maneira possível e de forma gratuita”, destacou Horn.

O dirigente pontuou ainda que realizar a sexta edição do projeto foi um desafio necessário, mas que valeu a pena.

“O Congresso de Processo Civil de Florianópolis já havia ultrapassado fronteira, quando realizado da forma presencial. Porém, esta edição, em especial, tem um grande significado para todos nós por conta do período de pandemia, metamorfose e transformação tecnológica a qual o mundo passa”, salientou o presidente, ao pontar que o projeto já faz parte do calendário jurídico nacional pela relevância, assuntos abordados e pelos renomados profissionais que reúne em prol do conhecimento dos operadores do Direito.

O coordenador científico do evento, Pedro Miranda de Oliveira, também salientou a importância da capacitação constante da advocacia.

“Participam do projeto os maiores processualistas do país, serão 24 painéis durante três dias e são mais de 11 mil inscritos, o que torna o VI Congresso de Processo Civil de Florianópolis o maior evento jurídico que Santa Catarina já presenciou. São assuntos atuais de grande relevância para a advocacia sobre o Processo Civil Brasileiro”, destacou.

Após a solenidade de abertura, foi dado início à programação dos painéis, que tiveram como temas ‘Impactos do Novo CPC na Advocacia’; ‘Novo Processo’; e “Novo Normal’ Será Também um ‘Novo Processo Civil”?’.

Marcaram presença na abertura do evento o secretário-geral da OAB/SC, Eduardo de Mello e Souza; o tesoureiro da OAB/SC, Juliano Mandelli; a secretária-geral adjunta da OAB/SC, Luciane Mortari; a conselheira federal, Sabine Müller; o presidente do Instituto dos Asdvogados de Santa Catarina (IASC), Gilberto Lopes Teixeira; o diretor-geral da Escola Superior de Advocacia Nacional (ESA/Nacional), Ronnie Duarte; o vice-presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, Pedro Cascaes Neto; o secretário-geral adjunto da ESA/SC, André Jannis.

As informações são da Assessoria de Imprensa da OAB/SC