O Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) suspendeu nesta sexta-feira (4/9) a realização das atividades do concurso público para ingresso, por provimento e remoção, na Atividade Notarial e de Registro do Estado. A decisão é do 2º vice-presidente do PJSC e presidente em exercício da Comissão do Concurso, desembargador Volnei Celso Tomazini, com a anuência da Fundação Getulio Vargas.

A medida considera a situação excepcional de pandemia do novo coronavírus e a iminência das datas para aplicação das provas objetivas, inicialmente previstas para os dias 18 e 25 de outubro. De forma a assegurar a saúde de todos os candidatos e agentes envolvidos na organização e execução do concurso, o certame permanecerá suspenso até a definição de um novo cronograma, a ser divulgado oportunamente, tão logo seja restabelecida a situação de normalidade.

As seis etapas do concurso público:

  • Prova escrita objetiva de seleção, de caráter eliminatório;
  • Prova escrita e prática, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Comprovação de requisitos para outorga (provimento e/ou remoção), de caráter eliminatório;
  • Análise da vida pregressa, de caráter eliminatório, e exames de personalidade – que compreendem exame psicotécnico, análise de laudo psiquiátrico e análise de laudo neurológico, também de caráter eliminatório;
  • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório.

O texto é da Assessoria de Imprensa do TJSC