Quatro mil advogados e advogadas catarinenses recorreram ao auxílio emergencial de R$ 500 concedido pela Caixa de Assistência da OAB/SC (CAASC) para auxiliar financeiramente profissionais atingidos pela pandemia do novo coronavírus.

Os pagamentos dos benefícios iniciaram na segunda-feira, dia 4, e se estendem até o dia 15.

O auxílio é concedido exclusivamente para profissionais que atenderam os requisitos pré-estabelecidos, como estar regularmente inscrito (a) na Seccional, apresentar comprovada situação de necessidade econômica decorrente da crise proveniente da pandemia e não estar recebendo qualquer benefício previdenciário, estatutário ou celetista.

O advogado que estiver infectado com o coronavírus terá atendimento prioritário.

Prezando por absoluta transparência, o Conselho Fiscal da CAASC será responsável pelo relatório final de análise e fiscalização das concessões dos benefícios, remetendo sua análise ao Conselho Seccional da OAB/SC, no prazo de 30 dias após o término do programa, sendo que uma auditoria externa da CAASC vai auxiliar o Conselho Fiscal na elaboração de seu relatório final.

O auxílio emergencial, inédito na história da advocacia catarinense, foi anunciado pela presidente da CAASC, Claudia Prudêncio, e se tornou modelo para outras seccionais do país.

Com informações da Assessoria de Imprensa da CAASC