Ministro Jorge Mussi

Em sessão por videoconferência realizada nesta terça-feira (5), o Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ) elegeu por aclamação os ministros Humberto Martins e Jorge Mussi para os cargos de presidente e vice-presidente do tribunal no biênio 2020-2022. Os dois também assumirão o comando do Conselho da Justiça Federal (CJF).

Natural de Florianópolis, o ministro Jorge Mussi iniciou sua carreira como advogado em 1977. Ingressou na magistratura em 1988, como juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Em 1994, foi nomeado desembargador do TJSC, representante da OAB no quinto constitucional. Foi presidente da corte catarinense entre 2003 e 2004 e ainda registrou passagem interina como governador do Estado por 11 dias, entre 12 e 23 de janeiro de 2006. Está no STJ desde 2007.

Ele integra a Corte Especial, a Terceira Seção e a Quinta Turma, com registro de exercido da presidência da turma de 2010 a 2012 e da seção de 2013 a 2014. Durante esse período no STJ, foi eleito para os cargos de ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e de membro do Conselho da Justiça Federal (CJF), e atuou nos dois órgãos como corregedor.

Formado em direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), é especialista em matéria penal e participa com frequência de seminários e conferências sobre o assunto. Ao longo da carreira, foi homenageado com a Medalha de Ordem do Mérito Judiciário Eleitoral do Distrito Federal (2004) e a Medalha de Ordem do Mérito Judiciário Militar (2005).

O texto é da Assessoria de Imprensa do TJSC com informações da Assessoria de Comunicação do STJ.