Na sexta-feira, dia 27 de outubro, a partir das 19 horas, o Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Lelio Bentes Corrêa, proferirá a aula inaugural da Pós-Graduação em Direito e Processo do Trabalho – Ênfase na Reforma Trabalhista (16ª edição) da Faculdade CESUSC, em Florianópolis. A aula ocorrerá no Auditório da Faculdade, será gratuita e aberta ao público.

A Especialização em Direito e Processo do Trabalho da Faculdade CESUSC abordará os assuntos alterados pela Lei n. 13.467/2017 (Reforma Trabalhista), com o objetivo de capacitar os profissionais que atuam no âmbito das relações de trabalho. As inscrições para a Especialização estão abertas em http://cesu.sc/2yVgjVo

A Pós-Graduação é coordenada pelo Professor Dr. Alexandre Luiz Ramos que tem Mestrado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998). Doutorado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006). Atualmente é Professor convidado permanente da Escola Superior de Advocacia de Santa Catarina e Desembargador do TRT-SC.

Sobre o Ministro do TST Lelio Bentes Corrêa
Lelio Bentes Corrêa em 1986 formou-se Bacharel em Direito pela Universidade de Brasília; Mestre em Direito Internacional dos Direitos Humanos pela Universidade de Essex, Inglaterra; Ingressou no Ministério Público do Trabalho em 1989 onde ocupou os cargos de Procurador do Trabalho, Procurador Regional do Trabalho e de Subprocurador-Geral do Trabalho.

Chefiou a Coordenadoria Nacional de Combate ao Trabalho Infantil e Proteção do Trabalho Adolescente; Integrou o Conselho Superior do Ministério Público do Trabalho; Presidiu a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho; Cedido à Organização Internacional do Trabalho, atuou em Genebra como oficial de programas para América Latina do Programa Internacional para Erradicação do Trabalho Infantil; Foi professor e autor de estudos diversos, com destaque para área dos Direitos Humanos em especial trabalho infantil e trabalho escravo.

Membro do Conselho Consultivo da Fundação Abrinq pelos Direitos das Crianças, ONG Missão Criança, e coordenou a Marcha Global contra Trabalho Infantil na América do Sul; no Tribunal Superior do Trabalho atuou como membro eleito do órgão especial; Integrou ainda na qualidade de membro eleito: o Conselho Superior da Justiça do Trabalho, Conselho Consultivo da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho e a Comissão de Jurisprudência.

Presidiu a Comissão da Justiça do Trabalho para a Erradicação do Trabalho Infantil e a primeira turma do Tribunal Superior do Trabalho. Atualmente preside o Fórum Nacional da Infância e da Juventude e o Comitê Nacional Judicial de Enfrentamento à Exploração do Trabalho em condições análogas à de escravo e ao tráfico de pessoas; Coordena ainda o grupo de trabalho permanente para o assessoramento aos órgãos do Conselho Nacional de Justiça e o grupo de trabalho incumbido de coordenar o projeto “melhoria da eficiência e do desempenho do judiciário brasileiro”.

É membro da Comissão de Peritos em aplicação de normas internacionais da Organização Internacional do Trabalho e da Comissão Julgadora do Prêmio Innovare; É membro da Academia Brasiliense de Direito do Trabalho; É ministro do Tribunal Superior do Trabalho desde 29 de julho de 2003.

As informações são do Núcleo de Comunicação do Cesusc

0